Sorriso: juíza pede providências para exame de insanidade mental em acusado de arrancar coração

Sorriso: juíza pede providências para exame de insanidade mental em acusado de arrancar coração

  • 19/09/2019 18:46
  • Redação/Assessoria

A magistrada Emanuelle Chiaradia Navarro, da 1ª Vara Criminal de Sorriso determinou que sejam estabelecidas providências necessárias para agendamento visando realização de exame de insanidade mental em Lumar Costa da Silva, acusado de matar a própria tia, Maria Zelia da Silva Cosmos, retirando o coração da vítima.

 

Conforme a magistrada, o juízo deve ser informado acerca do dia e hora designado para o exame de insanidade mental com no mínimo 30 dias de antecedência.

 

Lumar Costa da Silva foi denunciado em manifestação do Ministério Público (MPE) por homicídio qualificado por motivo fútil, meio cruel, emprego de recurso que dificultou a defesa da vítima e feminicídio, bem como por roubo e furto.

 

De acordo com a investigação, Lumar matou a tia em 2 de julho, por volta das 20h50, no bairro Bela Vista, em Sorriso.

 

Na sequência, o acusado furtou R$ 800 da vítima, roubou o carro da prima, adentrou na subestação de energia, arremessou o veículo contra um transformador e tentou atear fogo no local, quando foi preso por policiais militares.

 

  • Fonte: Olhar Direto