Empresa de Sinop-MT que perdeu licitação por R$ 92,77 vai tocar a obra

Empresa de Sinop-MT que perdeu licitação por R$ 92,77 vai tocar a obra

  • 08/08/2019 15:22
  • Redação/Assessoria

Três meses depois de vencer a licitação, a empresa S.A Lima Engenharia e Construções (nome fantasia Innovary Construções), anunciou que desistiu de executar a obra. A empresa cuiabana havia vencido por uma diferença de R$ 92,77, a tomada de preços 001/2019 para duplicação da Avenida Bruno Martini (parcial) e da via Nino Gianotte – que dá acesso ao aeroporto municipal. A obra havia sido contratada R$ 1.167.280,41. A Pissinatti Empreendimentos imobiliários, empresa de Sinop havia apresentado uma proposta de R$ 1.167.373,18. Como a Innovary é uma EPP (Empresa de Pequeno Porte), ela usou de uma prerrogativa da lei das licitações que lhe permitia cobrir a proposta vencedora caso a diferença fosse menor de 10%. Com isso a Innovary acabou ganhando o contrato.

 

Brigou, brigou e desistiu da obra. Segundo a administração municipal, a empresa declarou problemas de ordem interna, que inviabilizariam a execução do serviço. Com isso, acabou pedindo a rescisão contratual de forma amigável. A prefeitura aceitou.

 

Agora a prefeitura de Sinop está convocando a Pissinatti – empresa que havia apresentado a melhor proposta e perdido a obra graças a regra dos 10%. A rescisão amigável já foi oficializada e cabe a gestão municipal elaborar um novo contrato para execução, agora com a empresa sinopense.

 

A licitação compreende a execução das galerias de drenagem de águas pluviais, a duplicação parcial da Avenida Bruno Martini e da via Nino Gianotte.

 

  • Fonte: Jamerson Miléski