Polícia prende 21 suspeitos de integrar facção que cobrava R$ 100 de mensalidade de associados em MT

Polícia prende 21 suspeitos de integrar facção que cobrava R$ 100 de mensalidade de associados em MT

  • 21/03/2019 14:43
  • Redação/Assessoria

Vinte e uma pessoas foram presas nesta quinta-feira (21) na Operação 'Lama Vermelha', realizada pela Polícia Civil em Mato Grosso.

 

Segundo a polícia, eles são suspeitos de integrarem uma facção que cobrava uma espécie de 'mensalidade' aos membros e associados. O pagamento, no valor de R$ 100, deveria ser feito todo começo de mês.

 

De acordo com a investigação, os integrantes eram responsáveis por organizar homicídios, roubos, furtos, estelionatos entre outros, na cidade de Campo Verde e cidades vizinhas.

 

A facção criminosa agia de dentro e de fora de unidades prisionais en Mato Grosso.

 

A operação cumpriu 17 mandados de prisão e apreendeu drogas, além da prisão de quatro pessoas em flagrante.

 

Também foram apreendidos R$ 4 mil e 170 pesos bolivianos, além de munições e outros produtos encontrados nas casas dos alvos investigados.

 

Mandados

Ainda conforme a polícia, duas das lideranças estão presas na Penitenciária Central do Estado (PCE), em Cuiabá.

 

Para a operação foram expedidos 54 mandados judiciais, sendo 27 prisões temporárias e 27 buscas e apreensão domiciliar.

 

Do total de mandados de prisão, 18 foram expedidos para cumprimento em Campo Verde (área urbana e rural) e 9 em outras cidades sendo elas: Cuiabá (1 na Penitenciária Central do Estado), Chapada dos Guimarães (2), Rondonópolis (3 presos e 1 solto) e Barra do Garças (1).

 

Oito criminosos já estavam presos. Alguns exerciam liderança sobre a organização criminosa de Campo Verde, determinando a arregimentação de pessoas para prática de crimes orquestrados pela liderança principal, para obtenção de lucro e expansão do domínio da facção criminosa.

 

Na investigação foram identificados mais de 30 membros da organização criminosa. O grupo também teria cometido, ao menos, quatro homicídios todos ocorridos em Campo Verde.

 

O objetivo dos assassinatos era garantir o domínio do território com eliminação de possíveis concorrentes.

 

  • Fonte: G1 MT