Após Santa Casa de Cuiabá fechar as portas, prefeito determina que crianças sejam transferidas para Hospital do Câncer

Após Santa Casa de Cuiabá fechar as portas, prefeito determina que crianças sejam transferidas para Hospital do Câncer

  • 14/03/2019 15:59
  • Redação/Assessoria

O prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) afirmou que os pacientes pediátricos da Santa Casa de Cuiabá devem ser transferidos para o Hospital do Câncer e para outras unidades de referência até que haja uma definição quanto ao pedido de intervenção feito pelos vereadores cuiabanos na unidade hospitalar.

 

A decisão dos parlamentares foi tomada com base em indícios de irregularidades na gestão dos recursos destinados ao hospital investigados pela Delegacia Fazendária (Defaz).

 

De acordo com o vereador Toninho de Souza (PSD), a Defaz identificou que dívida do hospital com fornecedores, funcionários e setores públicos chega a R$ 80 milhões. Ainda segundo ele, os valores repassados não têm aplicados da forma devida, deixando a unidade sempre em débito.

 

“Existe uma caixa preta na Santa Casa que precisa ser aberta e isso só se dará por meio de intervenção. Da forma como está, não há como negociar mais na diplomacia”, disse o parlamentar.

 

A direção da Santa Casa anunciou a suspensão de internações nessa segunda-feira (11), alegando a falta de repasse no valor de R$ 3,6 milhões por parte da prefeitura.

 

De acordo com uma nota emitida pela administração municipal, o pagamento foi suspenso por orientação da Defaz. A diretoria da Santa Casa diz que procurou a Defaz e que a investigação não foi confirmada.

 

A prefeitura afirmou ainda que a Santa Casa possui uma dívida de quase R$ 25 milhões com o município pelo não cumprimento de exames e cirurgias eletivas que foram pagos antecipadamente.

 

  • Fonte: G1 MT