Equipes de vigilância detectam 48 novos casos de hanseníase em Canarana-MT

Equipes de vigilância detectam 48 novos casos de hanseníase em Canarana-MT

  • 05/07/2018 10:32
  • Redação/Assessoria

Um relatório divulgado pela Vigilância Epidemiológica Estadual, nesta quarta-feira (4), revelou que 48 novos casos de hanseníase foram detectados em Canarana, a 838 km de Cuiabá, nos últimos seis meses. Do total de casos diagnosticados, dois são em crianças.

 

De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde, em princípio houve o diagnóstico de um caso, que desencadeou uma busca por parte das agentes municipais de saúde.

 

As buscas duraram seis meses e avaliaram 335 pessoas.

 

De acordo com a coordenadora da vigilância municipal, Alene Silva, os pacientes identificados com hanseníase já estão em tratamento e estão sendo acompanhados pela Secretaria Municipal de Saúde.

 

Outras 75 pessoas diagnosticadas anteriormente estão em tratamento para conter o avanço da doença.

 

Doença

De acordo com o Sistema de Informação de Agravos de Notificação (Sinan), Mato Grosso tem a maior taxa de detecção da hanseníase no país. Em 2015, a taxa de novos casos da doença foram de 93 registros a cada 100 mil habitantes.

 

No ano passado, 2.658 mil novos casos foram detectados. Entre 2009 e 2016, foram registrados 1.334 casos em crianças menores de 15 anos, o que representa 6% do total de registros.

 

A maior taxa de prevalência da doença é registrada na região Médio Araguaia, que tem 379 casos a cada 100 mil pessoas.

 

  • Fonte: G1 MT